c1 broker®

Descubra o cenário em que a carta de condução digital e a identificação no telemóvel não são suficientes

Telefon_Führerschein_ID_Digitale_Versicherung_C1 Makler

Descubra o cenário em que a carta de condução e o BI digitais no telemóvel não são suficientes

 

Já é possível guardar a carta de condução e o bilhete de identidade no telemóvel, eliminando a necessidade de cópias físicas, exceto num caso específico. Saiba mais neste artigo.

 

Para simplificar a vida dos cidadãos, já é possível transportar a carta de condução e o cartão de cidadão (CC) de forma digital no telemóvel, através de uma carteira digital. Com esta comodidade, não há necessidade de andar com documentos físicos. No entanto, há um cenário em que os documentos físicos continuam a ser obrigatórios. Saiba quando é que isso se aplica neste artigo.

 

Adicionar a carta de condução e/ou o cartão de cidadão ao seu telemóvel é simples se tiver a Chave Móvel Digital (CMD) activada e a aplicação oficial instalada.

 

Como proceder?

Segundo a Human Resources Portugal, citando o Ekonomista, “o processo é bastante simples, bastando seguir estes passos para ter a carta de condução e o cartão de cidadão no telemóvel:

  1. Instalar a aplicação gratuita id.gov.pt disponível para Android e iOS.
  2. Ativar a sua conta através do CMD. Após a ativação, pode guardar, visualizar e partilhar a informação dos documentos guardados.
  3. Se a sua CMD não estiver ativada, pode solicitá-la online em autenticação.gov ou presencialmente no Instituto dos Registos e do Notariado ou no Espaço do Cidadão.

Depois de activada a sua conta na CMD, pode optar por carregar os documentos individualmente, seleccionando quais os que pretende adicionar, ou carregá-los todos de uma só vez.”

Após completar todo o processo de registo, os seus documentos ficarão disponíveis numa “carteira digital”.

Através da aplicação, pode ver os detalhes do seu cartão, como o CC, identificar-se perante as autoridades ou até exportar um documento PDF certificado digitalmente.

A aplicação funciona sem ligação à internet, mas, nestes casos, só é possível aceder aos dados dos documentos guardados na carteira.

 

Quando é que é insuficiente apresentar documentos no telemóvel?

É fundamental referir que a aplicação é válida apenas em Portugal. Por isso, quando viajar ou estiver no estrangeiro, deve levar os cartões físicos necessários. A aplicação oficial também permite guardar outros documentos.

 

Viajar dentro da União Europeia (UE)?

Segundo o site ePortugal.gov, se for cidadão português (ou tiver um visto de longa duração ou residência legal em Portugal), pode atravessar as fronteiras entre os países da UE que fazem parte do espaço Schengen sem apresentar o CC ou o passaporte. No entanto, é aconselhável ter consigo um documento de identificação, pois pode ser necessário para apresentar às autoridades ou para viajar de avião, por exemplo.

Note-se que a carta de condução ou os cartões bancários não são aceites como identificação em situações de viagem.

 

Viajar para fora da UE?

Segundo a mesma fonte, antes de viajar, certifique-se de que tem um passaporte válido ou renove-o, se necessário. Alguns países exigem que o passaporte seja válido até 6 meses após a data da viagem.

Com antecedência, informe-se junto da sua agência de viagens ou consulte as embaixadas e consulados para saber se precisa de um visto para os países que tenciona visitar e qual o prazo para o pedir. Não viaje sem o visto necessário. Pode requerer este documento em linha ou através das entidades representativas do país de destino (embaixadas ou consulados).

Compartir em redes sociais:

Artigos Relacionados: