c1 broker®

PORTUGAL: Tel. (+351) 308 811 268 E-mail: info@C1Broker.pt

c1 broker®

C1 Broker –  O Cliente em primeiro lugar.
Corretores de Seguros em Portugal 

Seguros de Saúde em Portugal C1 Broker Corretores de Seguros

Seguros de Saúde em Portugal

Somos o partner certo para contratar o melhor seguro de saúde em Portugal. Conheça as diferenças entre Planos de Saúde e Seguros de Saúde Completos com eleição livre de médicos, os limites e coberturas nacionais e internacionais. Dispomos também de seguros de saúde sem copago para a obtenção da residência / Visa em Portugal. 

Trabalhamos com as melhores seguradoras: Allianz Saúde, Cigna, Liberty, Zurich, etc.

Seguros de Saúde 

Nada é mais importante que a sua Saúde.

A C1 Broker, corretores de seguros em Portugal, oferece uma variedade de seguros de saúde e apólices com diferentes coberturas

  • Trabalhamos com companhias seguradoras sérias e de confiança, para poder oferecer aos nossos clientes produtos de qualidade e coberturas adequadas a cada situação.
  • Estudamos anualmente centenas de produtos de seguros de saúde e planos de saúde, para saber sempre qual é a solução adequada para cada cliente. Deixe-nos aconselhar-lhe.
  • Se for residente estrangeiro em Portugal sem sistema público de saúde através da Segurança Social, também contamos com produtos completos para que a sua saúde esteja bem coberta, tanto em Portugal como em qualquer outro país.
  • Na nossa palete de produtos de saúde, incluímos igualmente seguros de saúde sem copagamento para quem precisa de um seguro para pedir a residência ou o Visa em Portugal.
  • Se a sua profissão ou empresa exige que viaje para fora com frequência, dispomos de seguros de saúde internacionais que lhe oferecem coberturas sem limite, esteja onde estiver.

Na C1 Broker somos especialistas em seguros de saúde e teremos o maior gosto em aconselhar-lhe o produto mais adequado para si ou para a sua família.

.

Seguros de Saúde em Portugal Corretor de Seguros Comparador de Planos e Seguros

C1 Broker ®, Corretora de Seguros, trabalhamos com uma seleção das melhores Companhias de Seguros em Portugal e Espanha:

Qual é a escolha certa: Seguro de saúde ou plano de saúde?

Se está a pensar em subscrever um seguro de saúde em Portugal, será confrontado com estas duas alternativas. E porque nem sempre são claras a diferenças, gostaríamos, antes de mais, de explicar as diferenças básicas entre seguros de saúde e planos de saúde.

  • A primeira coisa a ter em conta é que um plano de saúde não é um seguro, nem de saúde, nem de qualquer outro tipo. Por conseguinte, os planos de saúde não estão sujeitos à supervisão da ASFAutoridade de Supervisão de Seguros e Pensões portuguesa em matéria de seguros.
  • As companhias que oferecem este tipo de “plano de saúde” podem operar livremente sem ter de obedecer às regras da ASF, o que deixa o caminho livre para certas irregularidades…
  • Pelo contrário, já as empresas seguradoras que comercializam seguros de saúde, têm que cumprir com o rigoroso controle da ASF e as respetivas normas e leis portuguesas e europeias.

Infelizmente, a situação é um pouco confusa para os consumidores, pois é comum ver e ouvir nos meios de comunicação em Portugal, anúncios e publicidade (enganosa) sobre estes planos de saúde.

É fácil confundir os produtos e pensar que nos estão a oferecer um seguro de saúde, porém trata-se, na realidade, de um plano de saúde.

Igualmente na Internet e em concreto nas redes sociais, encontram-se vários anúncios de promoções a “planos de saúde” que são vendidos como seguros de saúde, confundindo o consumidor mais incauto, que acaba por comprar “gato por lebre”.

Passamos a explicar bem diferença entre um plano de saúde e um seguro de saúde em Portugal:

O que é um Plano de Saúde?

Um plano de saúde não é um seguro de saúde, na realidade, trata-se de um esquema de descontos. Ao aderir a um plano de saúde, o cliente tem acesso a cuidados médicos (consultas, tratamentos, exames) a um preço mais baixo do que em circunstâncias normais.

O valor do desconto varia e só pode utilizar médicos e clínicas da rede convencionada e que pertencem aos centros do fornecedor.

Ou seja, o consumidor não é livre de escolher os médicos que deseja e muitas vezes fica limitado a apenas um especialista numa determinada região. Não há reembolso de serviços fora dos centros do próprio fornecedor.

O sistema de pago de um plano de saúde, é através de uma taxa mensal reduzida, que permite ao cliente beneficiar destes descontos.

A empresa fornecedora destes planos de saúde pode rescindir o contrato com o cliente em qualquer momento, uma vez que não é um seguro e por isso, não está sujeito à legislação de seguros portuguesa.

child, boy, people-89208.jpg
woman doctor, woman, doctor-5321351.jpg

O que é um Seguro de Saúde?

Os seguros de saúde são produtos que lhe permitem beneficiar de serviços médicos tais como consultas, exames, operações ou hospitalização como paciente privado em clínicas e centros médicos privados.

  • Estes serviços são reembolsados de duas formas: através de uma escolha livre de médico e de um sistema de reembolso ao cliente ou através de faturação direta por cartão chip nos centros e clínicas com os quais a companhia de seguros tem um contrato.

Dependendo do tipo de seguro de saúde que tenha contratado, pode ser que se apliquem ou não o sistema de copagamentos (valores reduzidos que terá que pagar cada vez que utilizar o cartão)

No sistema de escolha livre de médico, podem aplicar-se límites máximos na área de internamento ou de ambulatório, estes podem variar entre 150.000 euros e 2.000.000 de euros.

Quais sãos os prós e os contras dos Planos e Seguros de Saúde em Portugal?

Vejamos as vantagens e desvantagens destes dois sistemas:

Seguros de Saúde: Prós e Contras

Estas são as Vantagens e as Desvantagens dos Seguros de Saúde em Portugal:

 

Vantagens dos Seguros de saúde:

  • Escolha livre de médicos e clínicas – Com o sistema de reembolso, o paciente tem uma variedade de escolha em termos de centros médicos e clínicas, especialistas, tanto em Portugal como no estrangeiro.
  • Medicamentos incluídos – Alguns Seguros de Saúde oferecem reembolso de medicamentos e também próteses, óculos, etc.
  • São produtos regulamentados – As companhias seguradoras devem cumprir a legislação e as regras da autoridade reguladora (ASF) e não podem, por exemplo, cancelar o contrato aos pacientes quando desejem, aqui o consumidor tem direitos que são cumpridos veementemente.

Desvantagens dos Seguros de saúde:

  • Exclusões – Os seguros de saúde em Portugal apresentam certas exclusões, por exemplo, as doenças profissionais e os acidentes de trabalho. Estas estão cobertas pelo seguro obrigatório de acidentes de trabalho.
  • Exclusão de Doenças Preexistentes – As doenças pré-existentes e o historial médico do paciente devem ser declarados no momento da contratação e podem resultar em exclusões do contrato ou na rejeição da apólice.
  • Períodos de carência – Terá que esperar um determinado período para poder usar certas prestações do seguro. Por exemplo, para fazer uma cirurgia ao coração terá que esperar
  • Tem limites de Idade para a admissão – Normalmente não se pode subscrever seguros de saúde a partir dos 65 anos de idade, o que é um grande problema para pacientes com idade avançada e que querem contratar este produto.
  • Preços pouco acessíveis – À medida que a idade do paciente avança, o valor dos prémios dos seguros de saúde também se vai incrementando, o que pode ser complicado para pessoas que tenham orçamentos reduzidos.

Planos de Saúde: Prós e Contras

Estas são as Vantagens e as Desvantagens dos Seguros de Saúde em Portugal:

 

Vantagens dos Planos de Saúde:

  • São adequados como Suplemento – nunca como opção única para cuidar da sua saúde
    • Se tiver direito a assistência médica através da Segurança Social (sistema público), outro sistema (ADSE, etc.) ou um seguro médico, um plano de saúde pode fazer sentido.
    • Porém, os planos de saúde são completamente inadequados como sistema único, pois não estão sujeitos a qualquer legislação, apresentam muitas exclusões, podem ser cancelados pela seguradora e é um puro sistema de descontos.
  • São económicos
    • Evidentemente, o valor dos prémios é muito inferior aos de um seguro de saúde. Pode contratar um plano de saúde a partir de 17 euros por mês, por isso não se pode esperar as coberturas nem as prestações de um seguro de saúde completo.
  • Podem ser contratados a qualquer idade
    • Não há limite de idade para a contratação e esta é uma vantagem óbvia se comparamos com o seguro de saúde.
    • Podem ser uma boa opção para pessoas que já não podem adquirir seguros de saúde devido à sua idade ou que não podem pagar os prémios mais elevados.
  • Sem períodos de espera e sem exclusões:
    • Os planos de saúde não têm períodos de espera (pode começar a utilizar os sistemas de desconto de forma imediata) nem exclusões de doenças ou condições médicas pré-existentes.

Desvantagens dos Planos de Saúde

  • Oferecem serviços limitados
    • Não há maior inconveniente que precisar de um especialista e este não existir no quadro medico do plano de saúde. Os planos oferecem uma gama limitada de centros médicos e não há reembolsos disponíveis se os serviços médicos, exames ou tratamentos tiverem lugar fora da rede concertada.
  • Não se pode escolher o médico de forma livre
    • Como o sistema de reembolso não esta disponível, o paciente não poderá escolher a clínica, o especialista ou centro adequado para o seu exame ou tratamento, terá que sujeitar-se ao quadro de especialistas e centros oferecidos pelo plano de saúde em Portugal.
  • Produto não regulamentado pela ASF
    • O que abre caminho a várias irregularidades que aparecem quando o paciente precisa usar o plano de saúde e não conta com a supervisão da ASF nem com o respaldo da legislação. Por exemplo, imagine que lhe diagnosticam uma doença grave e crónica, agora que vai começar a utilizar com frequência o plano de saúde, essa empresa decide comunicar-lhe que querem cancelar o contrato.

Pedir simulação para o seu seguro de saúde

Faremos uma proposta personalizada baseada nas suas necessidades apresentando-lhe os produtos com as melhores coberturas em Portugal

FAQ

Perguntas Frequentes sobre Seguros de Saúde em Portugal

Ao contratar um seguro de saúde em Portugal deve ter em conta os períodos de carência. Os períodos de carência são períodos de tempo em que não pode utilizar completamente o seu seguro. Em concreto, só poderá utilizar determinados serviços e coberturas do seu seguro de saúde depois de terem passado um determinado número de dias ou meses. 

  • A maioria dos seguros de saúde que operam em Portugal apresentam períodos de carência similares. Por exemplo, para realizar tratamentos que requeiram Hospitalização e Cirurgia, o período de carência estabelecido é de um ano. Já para ativar a cobertura de Medicamentos e Estomatologia seriam apenas três meses.
  • As companhias de seguro estabelecem estes períodos de carência para evitar que os clientes contratem o seguro tendo em vista utilizar um tratamento dispendioso (por exemplo: fazer uma cirurgia) e uma vez tratados e recuperados dessa patologia cancelem a apólice.

Se contratou um seguro de saúde há pouco tempo, deve consultar bem as condições do contrato da sua apólice de seguro para confirmar os períodos de carência e evitar surpresas desagradáveis.

Se já tem um seguro de saúde e pretende mudar de companhia ou de plano de cobertura, não precisa necessariamente de recomeçar desde o princípio com os períodos de carência. Fale com o seu mediador para que o ajude a negociar essas condições com a companhia seguradora.

Nós, na C1 Broker, sempre tomamos em consideração os períodos de carência no momento de aconselhamento e contratação de uma nova apólice de saúde e gostamos de explicar aos nossos clientes as diferentes coberturas entre companhias de seguro.


Se precisar realmente de utilizar um serviço específico (por exemplo, teve um ataque cardíaco e precisa urgentemente de hospitalização) saiba que alguns seguros preveem esta situação e não aplicam os períodos de carência em caso de emergência grave e vital, ou em caso de uma patologia mais simples, pode utilizar os tratamentos fornecidos pela rede própria do seguro. Também neste caso, pergunte ao seu corretor de seguros qual seria a solução mais viável para o seu caso.

Por exemplo, os períodos de carência dos produtos de Allianz Saúde são os seguintes:

    • Hospitalização e Cirurgia = 365 dias de período de carência. Inclui os seguintes tratamentos e intervenções cirúrgicas:
      • Parto, cesariana ou interrupção involuntária de gravidez (se contratada a cobertura de Parto)
      • Tratamento de patologia arterial ou venosa dos membros inferiores;
      • Tratamento médico, cirúrgico ou outro no
        diagnóstico de hérnias discais , parede abdominal
        ou outras
      • Tratamento médico, cirúrgico ou litotrícia de cálculos  dos rins, vias urinárias , vesícula e/ou vias biliares;
      • Tratamento de patologia proctologica tal como  hemorróidas, fístulas, fissuras de patologia do  esfincter anal e perianal;
      • Tratamento médico ou cirúrgico de patologia gastro-esofago-duodenal;
      • Tratamento não conservador do foro da patologia  ginecológica e endócrina benigna* (nomeadamente hipófise, tiroide, paratiroide, mama, pâncreas, suprarrenal e ovários);
      • Intervenção cirúrgica a ouvidos, nariz e garganta,
        por patologia benigna*;
      • Tratamento de patologia articular por artroscopia, artrotomia ou artoplastia;
      • Tratamento cirúrgico ou por outro método invasivo  da patologia benigna da próstata.
      • Cirurgia catatata.
    • Outros casos de Hospitalização e Cirurgia 90 dias
    • Oncologia 180 dias
    • Subsídios Diários por Hospitalização 90 ou 365 dias
    • Assistência Ambulatória 90 dias
    • Próteses e Ortóteses 180 dias
    • Cobertura Médica Internacional 180 dias
    • Medicamentos e Estomatologia 90 dias

Nota Importante – Esta lista de períodos de carência é simplesmente exemplificativa, deve consultar as condições do seu contrato, para verificar quais seriam os prazos de aplicação das carências na sua apólice de saúde.